quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Exame Supletivo Online - SEDUC 2010




Numa perspectiva no atendimento da Educação de Jovens e Adultos e aos dispositivos legais que garantem direitos constitucionais relativos ao acesso à educação para todos, à Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso, através da Superintendência das Diversidades Educacionais – SUDE / Coordenadoria de Educação de Jovens e Adultos coloca a disposição dos jovens e adultos deste Estado, o Exame Supletivo Online, como mais uma opção, oportunidade de escolarização dos Jovens e Adultos de Mato Grosso.

Historicamente, desde 1935, a Secretaria de Estado de Educação vem oferecendo Exame Supletivo na forma que atende significativamente uma grande, se não a maior parcela jovens e adultos de nossa sociedade que tiveram seus estudos interrompidos, não tem e não tiveram condições de ingressar ao estudo escolar num período hábil e em sua faixa etária apropriada.

A importância e a abrangência dessa oferta de ensino têm crescido ao longo dos últimos anos, porem no ensino fundamental, estatisticamente, a moda é manter uma constância com tendência de diminuir a demanda, já para o ensino médio esse número vem crescendo de forma que o Estado necessita incrementar tal oferta, ambos apresentados e analisados entre os anos de 2000 a 2009.

Nesse sentido, os Exames têm contemplado os que procuram essa oportunidade de certificação do conhecimento e seus estudos de forma informal, pois ele possibilita uma ampla flexibilidade, tanto de acesso como de permanência, para que o aluno programe a sua conclusão nos estudos. Tal importância e necessidade só acontecem por que a Secretária de Estado de Educação coloca também como opção de oferta na modalidade EJA, o Exame Online visa cumprir com os dispositivos legais pertinentes e com o compromisso do Poder Público em acompanhar e atender as necessidades e exigências da sociedade deste Estado.

Para tanto mesmo com ações realizadas pelo governo estadual em prol da oferta do exame supletivo, a falta de tempo, a não existência de turmas em horário disponível e a incompatibilidade com o horário de trabalho leva tais alunos a aguardar-lo. Porém às vezes as datas e horário de provas não atendem as atividades profissionais, principalmente, com a não dispensa do trabalho para realização do exame, isso acaba por gerar custos aos cofres públicos pela grande quantidade de inscrições realizadas num processo de exame supletivo, o que acarreta na elaboração de provas, contratação de fiscais de sala, uma maior demanda na logística para aplicabilidade das provas, além de uma grande movimentação dos profissionais da educação dentro da escola, que por inúmeras vezes tendem a tirar dias de folga por realizar trabalhos junto ao exame.

No entanto, tal evento prioriza a condição de classificação do aluno a um grau de ensino superior a qual ele concorre, mas por outro lado, a quantidade de papel desperdiçado é imensa, pois alem de gerar mais custos aos cofres públicos, também gera diversos distúrbios no ambiente quando não realizada, por parte do candidato ao exame. Isto é, e esta bem apresentada no gráfico abaixo, onde dos 427.039 provas previstas, 307.703 não foram realizadas e/ou não obtiveram nota mínima para aprovação no exame.

Diante do exposto acima a oferta do Exame Supletivo em 2010 será Online de forma continua e ocorrerá possivelmente nos Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJAs) conforme o Anexo I, com as datas definidas mediante agendamento do candidato junto ao sistema “exame online”.

As formas de ofertas serão:

Ensino Médio – Por área de Conhecimento;

Ensino Fundamental – Por área de Conhecimento;

Ensino Médio – Por Disciplina somente para alunos que devem disciplinas de exames anteriores;

Ensino Fundamental – Por Disciplina somente para alunos que devem disciplinas de exames anteriores.

As inscrições serão realizadas via online, através do endereço eletrônico www.seduc.mt.gov.br o aluno fará a opção pelo CEJA do pólo mais próximo de sua residência para realizar a(s) prova(s).

O candidato de posse da ficha de inscrição emitida, procurará o CEJA de sua opção, onde apresentará os documentos pessoais exigidos e responderá um diagnóstico sócio-cultural para verificar se está apto ao exame. Fica dispensado de preencher este questionário o candidato que já eliminou disciplina e/ou área de conhecimento em Exames Supletivos da SEDUC realizados até o ano de 2009 ou através do ENEM 2009.

A Gerência de Organização de Exames Supletivos em breve divulgará mais informações sobre o período de inscrições do Exame Supletivo Online e ENCCEJA no site da Secretaria.

Jefferson bento de Moura
Gerente de Organização de Exames Supletivo
Coordenadoria de Educação de Jovens e Adultos
Superintendência das Diversidades Educacionais

Referências

• www.inep.gov.br
• Projeto Básico do Exame Online (no prelo)
• Portaria 807 de 18 de junho de 18/06/2010
• Edital – ENEM 2010 18/06/2010
• LDB 9394/96 CNE/CEB
• Resolução 180/00 CEE/MT
• Decreto Gov. MT 1123 28/01/2088

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário